Empreendedorismo veterinário: venda consultiva e a alimentação natural para pets

Empreendedorismo veterinário: venda consultiva e a alimentação natural para pets

Hoje vamos falar sobre o empreendedorismo veterinário e como saber oferecer diversas alternativas de ração e/ou alimentação natural são capazes de fidelizar seu cliente.

Para você entender, vamos introduzir alguns aspectos.

De forma geral, é muito comum ouvirmos de veterinários que a faculdade não os prepara para empreender e muito menos a vender. Durante a graduação, você irá aprender sobre os animais, doenças e área clínica, entre outros. E não sobre negócios.

Mas, a verdade que o caminho para muitos veterinários é ter seu próprio negócio. E nisso, a faculdade não te ajuda.

Para isso, temos como recorrer a conteúdos online como blogs, revistas e cursos que irão te ajudar a empreender no mercado pet.

Portanto, a ideia hoje é que esse conteúdo te auxilie a fidelizar os seus clientes. A partir de uma técnica de venda e com oferta de diversidade de rações e também de alimentação natural.

Vamos ao segundo tópico introdutório e muito importante. Como é o consumo de rações em pet shops e clínicas veterinárias? As pet shops e clínicas veterinárias são os locais em que os donos de pets podem recorrer para buscar amparo em diversas necessidades dos seus bichinhos, como: acessórios, estética, higiene, alimentação e atendimento médico.

Mas, em algum momento você já pensou como o seu cliente consome a ração?

A grande maioria dos donos de animais somente se lembra de comprar mais alimento, quando a reserva de casa termina.

E isso pode ser um problema para você.

Geralmente, ao se dar por conta que a ração terminou, ele pode ir no local mais próximo. Sendo algum supermercado e até mesmo outra pet shop. É bem provável que seu negócio por localização ou horário, não esteja na rota de lugares para “comprar em emergência”.

E agora você deve estar se perguntando: “legal, mas o que isso tem haver?”. Já vamos te contar!

Agora vamos ao que interessa.

Indicação de ração ou alimentação natural? Como isso me ajuda a fidelizar?

Considerando o que foi comentado acima, que muitos donos não prestam atenção na quantidade que possuem em casa e acabam adquirindo os produtos na correria em qualquer lugar, é nesse momento que você deve ligar o alerta da fidelização de clientes.

Sim, se o seu cliente for fiel a você, ele não vai comprar a ração em nenhum outro lugar. Fácil assim.

Por isso é importante duas coisas: * ter diversidade de ração e alimentação natural na sua loja; e * entender sobre a técnica de venda consultiva.

Vamos aprofundar!

Diversidade de ração e alimentação natural na minha loja pet

Se você tem poucas opções de ração ou não oferece a alimentação natural em seu negócio pet, isso pode significar que você esteja deixando de fidelizar seu cliente.

Como um bom veterinário você deve saber que nenhum animal é igual ao outro. O que funciona para um, infelizmente não funciona para outro.

Por isso é importante você se preocupar com a diversidade. Ter opções que atendam as diversas demandas dos seus clientes.

Vamos exemplificar, você tem a ração premium, a premium para filhote e só. Mas, e aquele seu cliente que tem um gato com problemas renais? Aquele cachorrinho que tem problemas de pele?

Você saberia indicar qual é a melhor opção para esses casos? O que é ideal para o pet comer que pode ajudar a melhorar o problema? Quais são as opções?

Sabemos que assim como nos humanos, a alimentação pode ser catalisados para a melhora de um animal.

Por isso, é ideal que você tenha estudado sobre a alimentação para pets.

Saber que para o caso X o melhor é indicado a ração Y. Enquanto, para o caso B é indicação a alimentação natural. E aí entra o que chamamos de técnica de venda consultiva. A venda consultiva Essa técnica consiste em oferecer produtos que você sabe dizer o benefício para o dono.

Então, seguindo os casos citados acima.

Você deveria dizer que a ração Y tem como principais ingredientes os itens A, B, C e D. Que irão auxiliar o pet a melhorar em tais pontos, beneficiando o seu sistema renal para minimizar os danos.

Enquanto, a alimentação natural é indicada para os casos F, G e H. Pois, auxiliam em tais pontos, trazendo tais e tais benefícios para o animal.

Claro, que estamos dando exemplos bem rasos aqui, mas é para você entender a ideia. Que saber apontar os itens que compõem aquele alimento, benefícios e prognóstico faz toda a diferença.

E você consegue adquirir essas informações com a maioria dos fornecedores, ou no caso da alimentação natural, com veterinários especializados. A fidelização a partir da comprovação do benefício Depois que você dar essa “consulta” para o seu cliente sobre os produtos que oferece na loja. E ele comprar o produto e o mais importante comprovar os benefícios que você o garantiu, ele não vai mais querer deixar de consumir no seu negócio.

Afinal, foi você que o direcionou para o melhor caminho possível. A pessoa que conseguiu indicar algo que realmente fosse benéfico e que ajudou o seu amiguinho pet a conquistar uma qualidade de vida melhor.

A fidelização de cliente atualmente está muito relacionada com o sentimento. Não mais com o menor valor, como era há alguns anos.

O cliente precisa sentir que você se importa. Não só com o que você vai lucrar, mas que a sua indicação realmente tem um benefício para o animal.

Considerações

Esperamos que este conteúdo tenha lhe ajudado a entender a importância de conhecer sobre os produtos que você vende.

E ainda mais, sempre ter opções diversificadas, seja de ração e alimentação natural.

Com o objetivo de sempre ajudar o seu cliente, em qual opção será melhor para o bichinho do seu cliente.


Este conteúdo foi escrito por Luana Girardi, do Pet Shop Control.


comments powered by Disqus